fbpx
Rua. Esperança, 282, Med Center – sala 41 – Vila Jaci – São José dos Campos/SP
Tel. (12) 3921-5399
WhatsApp. (12) 98170-0300

A Odontologia do sono no Brasil

Ronco e apneia do sono podem ser tratados com aparelhos odontológicos?

Você sabia que, há décadas atrás, surgiu um novo campo de atuação da Odontologia na medicina do sono? A odontologia do sono. Despertou a curiosidade dos dentistas, interessados em se aprofundar neste estudo multidisciplinar que, além da medicina, envolve a Odontologia, fisioterapia, fonoaudiologia e muitas outras especialidades, unidos no tratamento do ronco e apneia do sono

O colega Marco Antônio Cardoso Machado, quando presidente da ABROS-Associação Brasileira de Odontologia do Sono-, fez uma análise da formação do dentista brasileiro na Medicina do Sono.

Marco Antônio, salienta que o dentista hoje, depois de muito estudo, muita prática e pesquisa, integra equipes, tem o reconhecimento entre os profissionais do Sono e também papel bem definido de atuação, contribuindo com a Medicina do Sono, na melhoria da qualidade de vida dos brasileiros.

Pessoas passaram a ser beneficiadas com mais alternativas de tratamento para os distúrbios respiratórios do sono. Hoje, além do CPAP (a máscara abaixo), as pessoas que roncam e tem apneia, também podem ser tratadas, com resultados comprovados, usando o AIO ou aparelho intra-oral individualizado.

Após análise, constatando-se apneia leve e, em casos específicos de apneia moderada, o tratamento não precisa mais ser tratado apenas pela “máscara” ou CPAP, que é um dispositivo, acoplado a um compressor, que favorece a oxigenação do organismo, durante o sono. Naturalmente, deve ser realizado pelo dentista. Mas não é todo dentista, não!

O dentista, com formação em Odontologia na Medicina do sono, está apto a fazer o tratamento do ronco e apneia com aparelho intra-oral, adequado às condições bucais de cada usuário, avaliando a efetividade do tratamento, com resultados polissonográficos, antes e após.

Além do mais, nenhum profissional, além do dentista, estaria mais apto a controlar o efeito do aparelho intra-oral sobre os dentes e articulações.

Ficaremos felizes em esclarece-lo em mais alguma dúvida. Sinta-se à vontade para entrar em contato conosco. (12 98170-0300)

http://www.absono.com.br/assets/revista_14ed.pdf

Clique aqui e agende sua consulta

Related Posts



Deixe um comentário