fbpx

Ortodontia e Sangramento Gengival

Mulher com a mão na mandíbula sentindo dor - Artigo Orthoclin

Ortodontia e Sangramento Gengival

Se o alinhamento dos seus dentes, compromete a estética do sorriso e o incomoda e você gostaria de fazer um tratamento ortodôntico mas, frequentemente, se esquece de escovar os dentes, cuidado. Se, para a saúde oral os métodos de higiene são importantes, para o sucesso do tratamento ortodôntico a higienização caprichada é imprescindível.

É importante conhecer as causas mais comuns dos problemas gengivais, para evitá-los e se proteger das doenças, que podem comprometer os objetivos tão sonhados e o tempo total do tratamento. Atenção porque vamos abordar a causa mais simples: a gengivite.

Problemas gengivais podem surgir a qualquer momento, isto é, antes, durante ou depois de um tratamento ortodôntico.

 

Gengivite Antes

Se você já apresenta gengivite, antes de começar um tratamento ortodôntico, certamente, além do sangramento, isto deve causar mau hálito também. Já é um sinal para buscar ajuda e resolver o problema. Saiba que, muitas vezes, transformar em rotina diária, recomendações de higienização bucal, podem resolver definitivamente o problema. São cuidados simples, que evitam despesas e perda de tempo com complexos e demorados tratamentos. Em casos mais graves é recomendado o exame de um periodontista, antes do início da ortodontia, com ações específicas. Para que não se tenha problemas, depois de iniciado o tratamento.

 

Gengivite Durante

O comprometimento é indispensável. Estar em tratamento ortodôntico, exige capricho e disciplina. Mas não poderia ser de outra forma. A situação se agrava, quando o tratamento é realizado com o aparelho fixo. Este, com mais possibilidade de reter resíduos alimentares sobre os dentes, sob a gengiva e entre as peças, impõe rotina de higiene mais rígida e requer o uso de um arsenal de cuidados especiais, que certamente vai valer cada minuto investido, ao final do tratamento.

Doença periodontal, inflamação e sangramento não combinam com movimentação ortodôntica bem sucedida. Podem causar dor, mau hálito e atrapalham muito o conforto e a evolução das fases planejadas. Ninguém quer que um tratamento ortodôntico, se estenda mais do que o tempo previsto. Muito pelo contrário, se conseguirmos um tratamento ortodôntico mais curto, otimizado, atinge-se um patamar de excelência e a satisfação é de todos. Se não haviam sinais de gengivite, antes do tratamento ortodôntico, saiba que estes sinais podem aparecer, quando a higiene não está sendo suficiente, para remover o acúmulo de placa bacteriana.

E o que seria isto? A placa bacteriana é o aumento de bactérias, fermentando os resíduos de alimentos, deixados na superfície dos dentes, aparelho e gengiva. O produto desta fermentação é um ácido que ataca a gengiva, desmineralizando também o esmalte dos dentes. Este é o processo da cárie, mesmo em quem nunca fez tratamento ortodôntico, é assim que ocorre.

 

Gengivite Após o Tratamento Ortodôntico

As orientações sobre manutenção de higiene oral, que lhe foram dadas, para manter sua saúde oral, durante o tratamento ortodôntico, devem continuar a fazer parte de sua rotina. E você vai notar que, se negligenciá-las, sua gengiva vai apresentar inchaço e voltar a sangrar, instalando-se a gengivite. Que, quando não tratada, é o início de doença periodontal, que pode se tornar séria.

Está explicado a razão pela qual, um tratamento ortodôntico bem planejado, deve transcorrer com controle da gengivite. A higiene deficiente também pode ser a responsável pela desagradável surpresa de manchas irreversíveis. Com a descalcificação do esmalte, numa fase em que deveria ser só alegria: remoção do aparelho.

Se você precisa de tratamento ortodôntico, comprometa-se com o tratamento. Participe do sucesso. Ajude a realizar o seu sonho!

 

Clique no banner abaixo para entrar em contato conosco!

 

Banner contato para agendar uma consulta

 

Compartilhar:

Postar Comentário

WhatsApp chat