fbpx

SEU FILHO RONCA? PRESTE ATENÇÃO NISSO!

SEU FILHO RONCA? PRESTE ATENÇÃO NISSO!

 

Um suspiro mais alto, uma respiração mais profunda e, de repente, um barulho mais forte. Ouvir seu filho roncar pode revelar uma série de problemas, e quanto mais cedo for feito o diagnóstico, mais eficiente será o tratamento.

Ronco não é algo saudável, podendo influenciar até mesmo no crescimento da criança, já que a oxigenação dos tecidos é prejudicada, em especial quando ela tem apneia. Estudos indicam que o ronco atinge, principalmente, crianças de 2 a 9 anos.

 

Meu filho ronca, e agora?

ronco em crianças

Quando o ronco está presente no sono é preciso investigar se as vias aéreas estão obstruídas e, por isso, está ocorrendo um esforço respiratório ou se a criança respira pela boca.

Quando se constata obstrução nasal, a respiração apresenta-se mista ou predominantemente bucal.

 

A respiração bucal, frequentemente é vista como um fato simples, mas que, a médio ou a longo prazo, poderá acarretar prejuízos, muitas vezes irrecuperáveis, como alterações faciais (musculares e ósseas), principalmente durante a fase de crescimento e alterações do tórax e de postura.

 

 postura-respirador-bucal1

 

Quando uma criança não pode utilizar a via respiratória nasal, é observado que a criança fica com a boca aberta, lábio superior curto e retraído, face longa e inadequação das posturas orais, acarretando vários problemas como má deglutição, troca de fonemas na fala (troca de letras), alterações odontológicas como palato ogival (céu da boca profundo e estreito), estreitamento maxilar alterações da oclusão dentária.

A criança que apresenta esse tipo de respiração poderá necessitar do acompanhamento de uma equipe multidisciplinar, como ortodontista e fonoaudiólogo.

A sucção do polegar e o uso de chupeta são os principais causadores dessas alterações e o tratamento é realizado através de uso de aparelho dentário para correção de arcadas.

Deformação de arcadas

 

A criança que ronca, deve ser examinada sempre, principalmente para detectar apneia do sono, distúrbio caracterizado pela obstrução de nariz, garganta ou orofaringe. As recorrentes pausas na respiração interrompem o sono diversas vezes durante a noite, e os problemas se estendem ao longo do dia.

Além do ronco, alguns dos sintomas da apneia entre as crianças são o sono agitado, a dificuldade para respirar, dormir de boca aberta e irritabilidade.

Tratar a doença corretamente faz com que a criança obtenha melhoras significativas na qualidade do seu sono, do seu aprendizado e da sua sociabilidade.

 

Saiba mais sobre a apneia obstrutiva do sono em crianças.

 

 

Postar Comentário

WhatsApp chat