fbpx

Apneia do sono: O que fazer quando o seu filho ronca?

Apneia do sono: O que fazer quando o seu filho ronca?

 

A apneia do sono é um grave problema que acomete mais de 30 % da população adulta brasileira.

Ocorrer quando existe o ronco com paradas respiratórias, durante o sono. Isto leva à superficialização do sono, com consequente perda da qualidade do mesmo. Todos nós precisamos de sono de qualidade, para a nossa saúde.

A criança precisa do sono de qualidade para o aprendizado e, principalmente, para o crescimento pois, durante as fases mais profundas do sono, é produzido o hormônio de crescimento.

Mas o que fazer quando o problema acomete crianças?

Se você acha que o seu filho pode ter esse problema, aprenda agora quais são as causas, dicas para amenizá-lo, e os agravantes da doença, quando não tratada.

 

APNEIA DO SONO: CONHECENDO AS CAUSAS MAIS COMUNS

O ronco pode ter origem em diversos problemas obstrutivos, sendo a maioria na região boca, nariz e garganta. Veja agora as mais conhecidas causas do ronco e apnéia do sono em crianças.

 

OBSTRUÇÃO NASAL

A obstrução nasal causa a respiração bucal e acontece por inúmeros fatores, tais como hipertrofia de amígdalas e adenoides. O exame de um médico otorrinolaringologista é fundamental para identificação de qual a proporção de impedimento, isto é, formato anatômico ou os fatores citados acima, representam no impedimento da respiração nasal.

 

 

ESTAÇÕES DO ANO- INFLUÊNCIA CLIMÁTICA

As rinites e outros fatores de influencia alérgica, podem se destacar, relacionadas às mudanças climáticas, necessitando de muita atenção por parte de pais e médicos para o controle do bem estar da criança acometida por estes processos.

 

 

RESFRIADOS

Acometidas por resfriados e já sendo portadoras de alguma outra obstrução das vias aéreas superiores, as crianças terão dificuldade de respirar pelo nariz, durante a noite. As dificuldades, nestes casos, podem identificar a causa do ronco.

É importante que os responsáveis, rotineiramente verifiquem se, após um resfriado, a criança normalizou a respiração nasal.

 

 

ESTRUTURA ÓSSEA E MUSCULAR

O bloqueio de ar também pode vir da má estruturação óssea e muscular, que acometa o crânio e a face. Veja alguns exemplos:

* Desvio de septo nasal

* Mau posicionamento dos dentes nos maxilares.

* Má oclusão (mordida cruzada, ou aberta)

* Desenvolvimento desproporcional entre maxila e mandíbula

* Obesidade ou sobrepeso na infância.

O ortodontista pode, na criança, diagnosticar e tratar alterações dos ossos maxilares e dentes, buscando estabilidade ao tratamento, em tratamento conjunto com a desobstrução das vias aéreas superiores, pelo otorrinolaringologista e a reeducação da função muscular da boca e garganta, por parte da fonoaudiologia.

 

Leia Também:

BRUXISMO NA INFÂNCIA

 

CONSEQUÊNCIAS DA APNEIA: CONHEÇA OS PREJUÍZOS QUE AFETAM O DIA-A-DIA DA CRIANÇA

Com as paradas respiratórias e despertar repentino provocados pela apneia, seu filho não consegue entrar nas fases mais profundas do sono, tem maios dificuldade para consolidar o aprendizado, produzir hormônios de crescimento, entre outras coisas.

A sequência natural das fases do sono, permite que o organismo de seu filho produza mediadores químicos necessários ao correto desenvolvimento, fazendo com que a criança sonhe e descanse durante a noite, resultando em aprendizado e desenvolvimento normais.

A falta de etapa do sono, influencia negativamente o desempenho, durante o dia, fazendo com que ele esteja mais irritado ou desatento, prejudicando as atividades escolares e de relacionamento.

 

 

APNEIA DO SONO INFANTIL: DICAS PARA AMENIZAR O PROBLEMA

Agora precisamos observar e reunir dados para levar a um profissional que possa ajudá-lo. Existem algumas soluções simples, que podem ser realizadas na rotina doméstica.

1. Perder peso, orientando a nutrição dele, se for o caso. O sobrepeso favorece a dificuldade respiratória.

2. Dormir de lado também tende a liberar melhor as vias aéreas do que dormir de barriga pra cima.

 

 

MAS AFINAL, ONDE PROCURAR AJUDA EFETIVA PARA A DOENÇA?

Mesmo com todas essas dicas, a apnéia do sono continuará sendo um grande risco ao desenvolvimento dele.

Se você descobrir que o seu filho possui algumas das intercorrências citadas acima, busque ajuda do especialista Otorrinolaringologista e ortodontista, mencionando os sintomas observados.

 

 

 

Postar Comentário

WhatsApp chat