fbpx

O que fazer quando a criança ronca?

A apneia do sono é um grave problema que acomete mais de 30 % dos adultos brasileiros.
Este adulto, que hoje ronca e tem apneia, pode ter passados pela infância, já apresentando
sinais de predisposição para a doença.
Quem sabe se você souber mais a respeito, pode identificar precocemente estes sinais,
ajudando a evitar a doença já na infância e assim, reduzir a estatística acima!!
POR QUE CRIANÇA RONCA?
O ronco é o barulho da respiração passando por um espaço mais estreito, ou melhor
insuficiente. O encaminhamento para o exame otorrinolaringológico, visa estabelecer a
identificação dos fatores responsáveis pelo estreitamento das vias respiratórias, procedendo
a desobstrução e normalizando a respiração.A criança que ronca tem apneia??
Os exames e a experiência mostram que nem sempre o ronco está relacionado à apneia,
mas a apneia está sim, sempre ligada ao ronco.
Isto justifica exames, que baseiam diagnóstico diferencial, para orientação segura do
tratamento.at4x[[;~~
Como a respiração bucal afeta os maxilares??


Anatomicamente, o meio da face, onde fica o maxilar superior, tem tudo a ver com
respiração.
O esforço muscular para complementar a respiração e conseguir inalar mais oxigênio, vai
causar uma inadequação da função da musculatura facial, dentro e fora da boca.
Esta musculatura, que deveria participar da harmonia do crescimento dos ossos maxilares,
agora, com a função inadequada e já adaptada à respiração bucal, acaba participando da
atrofia ou deformação dos maxilares e de posturas de dentes.
O que fazer, nestas condições? Qual o tratamento?
Nestes casos, temos atuação de 2 fatores inadequados: forma e função. A forma das
arcadas e as funções, respiratórias e mastigatórias se desorganizam, desequilibrando as
forças de atuação e, consequentemente, contraindo transversalmente a forma dos
maxilares.


A ortodontia corrige a forma das arcadas dentárias que, permanecem estáveis, a partir do
momento em que a função também estiver reabilitada.
Sendo uma situação que, para a reabilitação, exige atuação de 2 ou mais especialidades,
os profissionais consultados, devem estar atentos às funções relacionadas com a forma
observadas.
Na ortodontia, o tratamento da forma, sem o tratamento da função, vai resultar em
insucesso, da mesma maneira como o tratamento da função, sem a reabilitação da forma,
vai retornar em insucesso.
Uma avaliação cuidadosa, depois de analisar o histórico do cliente e da documentação
adequada, pode conduzir ao sucesso do tratamento único e bem realizado.
Sinta-se a vontade para nos dirigir qualquer dúvida que tenha restado, com relação a este
assunto e faça contato conosco, pelo link .

Share:
Leave comment

WhatsApp chat